BIOMASSA: UM FUTURO PROMISSOR!

Queima de Biomassa

Energias solar, energia eólica, biomassa, sustentabilidade, meio ambiente. Estes são termos que a cada dia estão mais presentes no nosso cotidiano. Alguns são bem mais conhecidos nosso como é o caso da energia eólica –conversão da energia cinética dos ventos em eletricidade – ou a energia solar – energia proveniente da radiação solar que incide em nosso planeta. Porém, outra fonte de energia renovável que aos poucos vem ganhando destaque no cenário brasileiro é a biomassa.


  • O que é biomassa?

  • Contexto brasileiro

  • Questão ambiental

O que é biomassa?

A definição de biomassa está relacionada com toda matéria orgânica não fóssil. Ela possui um grande potencial de geração de energia elétrica, pois a partir de sua queima pode-se converter a energia química em energia térmica, depois em energia cinética e finalmente em energia elétrica. Exemplos de biomassa são bagaço da cana-de-açúcar, resíduos florestais, resíduos agrícolas, casa de arroz, excremento de animais, entre outros. Outra forma de aproveitamento da biomassa é a produção de biocombustíveis, como é o caso Etanol e do biodiesel.




Essa fonte é considerada renovável pois apesar da liberação de CO2 na atmosfera proveniente da combustão, o replantio faz com as novas plantas absorvam o CO2 que está presente na atmosfera, sendo assim a taxa líquida de emissão de CO2 torna-se praticamente zero.


Contexto brasileiro


No Brasil, em 2007, a biomassa - carvão vegetal, etanol, biodiesel, briquetes, biogás proveniente do lixo - obteve participação de 31,1% na matriz energética, sendo superada apenas por petróleo e derivados. Já no cenário cearense, a principal aposta de biomassa é a castanha de caju, já que o Ceará é o maior produtor de caju do país. “Além disso, a casca de castanha de caju apresenta um poder calorífico satisfatório em comparação com as outras biomassas”, conta o engenheiro Cezar Alvez. Há de se destacar a utilização dos resíduos gerados pelo Aterro Sanitário do Oeste de Caucaia (ASMOC) para a geração de energia elétrica.



Fatores que afetam a qualidade da biomassa


É importante ressaltar que nem todo biomassa pode ser fonte de geração de energia elétrica de um modo economicamente viável. É importante avaliar parâmetros como a umidade do composto, o poder calorífica inferior (PCI) e características entalpicas. Com isso é possível avaliar a viabilidade da utilização do composto para a geração de energia elétrica.


Questão ambiental


Outro ponto que nos faz pensar em investir mais no setor de biomassa, além do grande potencial de produção brasileiro, é que a utilização da biomassa polui menos que outros compostos derivados do petróleo. Por esse motivo um percentual de biodiesel é adicionado à gasolina atualmente, porém há ainda muito a melhorar para se aproveitar o grande potencial de geração de energia oriundo da biomassa.





Posts Recentes