EFICIÊNCIA ENERGÉTICA: UMA VISÃO INDUSTRIAL E EMPRESARIAL


A eficiência no uso da energia entrou na agenda mundial a partir dos choques no preço do petróleo dos anos 1970, quando ficou claro que o uso das reservas de recursos fósseis teria custos crescentes, seja do ponto de vista econômico, seja do ponto de vista ambiental. Assim, aumentou o desejo de se fazer mais com menos. Neste contexto, iremos avaliar os seguintes tópicos que impactam diretamente no balanço de eficiência energética:

  • Contexto analisado

  • Como funciona o gerenciamento da eficiência

  • Como a RETEC jr pode ajudar

Contexto analisado

É importante ressaltar que mais da metade do potencial de eficiência energética no Brasil, conforme as estimativas realizadas a partir do Balanço de Energia Útil (BEU), encontra-se no consumo das famílias (setor residencial) e das indústrias, que, em 2008, representaram juntos quase 60% do consumo final energético do país (inclusive setor energético) e cerca de 80% das empresas brasileiras apresentam entre 0 a 10% dos seus gastos totais com energia elétrica. Esses setores são naturalmente elegíveis para uma abordagem mais detalhada da eficiência energética implícita na projeção da demanda de energia.


Os edifícios são responsáveis por, pelo menos, 40% da energia utilizada na maioria dos países. O cenário absoluto está em constante crescimento, como é exemplo o desenvolvimento rápido de construção em países como a China e a Índia. Então, faz-se necessário melhorar a questão do uso da energia elétrica para diminuir-se os gastos.


Na área industrial, a otimização da eficiência energética pode trazer significativa redução de custos, bem como aumento no rendimento energético de equipamentos e instalações, com a consequente melhoria da qualidade dos produtos fabricados.


Como funciona o gerenciamento da eficiência


No contexto industrial, é utilizado um gerenciador de eficiência energética, que tem por objetivo a visualização de forma macro do consumo de energia elétrica de todas as áreas responsáveis pelo funcionamento produtivo da planta, proporcionando:


- A integração dos vários setores de consumo na indústria;

- Apontar, através da coleta de dados de medição e verificação, os setores responsáveis pelo maior consumo de energia na planta, propondo ações de controle e eliminação do desperdício de consumo de energia;


- Identificar as principais áreas de desperdícios de energia;

- Mostrar a importância do planejamento estratégico de produção como ferramenta de redução do desperdício e melhor aproveitamento da energia;

- Propor ações de combate as perdas e ao desperdício;

- Mostrar economia alcançada após a implementação das ações.

Como a RETEC jr pode ajudar

Diante disso, necessitamos efetivamente de ações práticas para mudar a realidade de nossas indústrias e aumentar sua competitividade. Em termos de eficiência energética, existem ações conhecidas, simples de identificar e também de aplicar, como a substituição e redimensionamento de motores e alterações nos sistemas industriais.


A RETEC jr realiza serviços de consultoria energética que pode ajudar a reduzir os gastos com energia elétrica e, assim, abrir um leque de oportunidades de economia e investimento em novas áreas como a ampliação do negócio, a realização de uma viagem ou mesmo de um sonho antigo.

#consultoria #eficiênciaenergética

Posts Recentes