O IMPACTO DA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA PARA A ECONOMIA BRASILEIRA

A crise hídrica que o Brasil enfrenta, atualmente, causa um aumento significativo nas contas de energias, isso porque em tempos secos as contas de energia aumentam cada vez mais, e quem sofre é o nosso bolso. Mas isso se você não possuir um sistema de produção de energia fotovoltaica. Pois caso possua, nenhuma alteração hídrica fará diferença em sua vida. Mas por que?


Então, se as contas de energia começarem a vim com valores altos, principalmente em grandes empresas, não é estranho que o número de pessoas a buscarem por uma alternativa melhor de energia com baixo custo, aumente. De acordo com a associação brasileira de energia solar fotovoltaica (ABSOLAR), o setor deve ter um aumento de 44% na capacidade instalada em 2019, ultrapassando a marca de 3,3 gigawatts (GW) e atraindo ao país mais de R $5,2 bilhões em investimentos privados. O faturamento do mercado no todo deve ter um aumento de 88,3% comparado a 3 anos atrás.


Como citado no início, as crises hídricas, ou seja, esses tempos mais secos, aumentam o interesse e a necessidade de se usar novas fontes de energia, e obviamente que substituir o sistema tradicional de energia pela energia fotovoltaica é a melhor opção!


A ECONOMIA COM ENERGIA FOTOVOLTAICA


Como vantagem direta podemos citar a facilidade de recuperação do investimento, ou seja, ela ter um retorno financeiro rápido. E a energia fotovoltaica é uma alternativa cada vez mais atraente e acessível para os brasileiros. Principalmente se levar em consideração que o Brasil possui um grande potencial e é rico em fontes de energia.


O Brasil é um país tropical, possui pontos de existência solar, possui espaço, e esses são pontos importantes para um boa instalação e desempenho para a utilização dessa tecnologia. Um ponto importante é, que além de diminuir a conta, essa energia é sustentável, ou seja, é uma energia “limpa”, dessa forma ela causa menos impacto para o meio ambiente.


O governo em si tem impulsionado o crescimento dessa energia no mercado brasileiro, hoje em dia existem vários estímulos que o governo ofereceu para CPFs e CNPJs produzirem energia limpa.


A energia solar é uma boa alternativa, por se tratar de uma fonte renovável. Quando comparada à hidrelétrica, nesse caso, essa opção fotovoltaica é atrativa principalmente para estados que sofrem com tempo seco, como São Paulo, por exemplo. Lembrando também do peso para a sustentabilidade. A energia gerada em usinas hidrelétricas causa impactos ambientais, trazendo prejuízos para as represas. Por isso, existe o esforço para que se crie uma conscientização da importância do uso dessa tecnologia.


Além de tudo isso, são mais de três milhões e oitocentos mil empregos no mundo e quase 90 mil novos empregos gerados em 2020 no Brasil em plena pandemia. A GD (geração distribuída) por fonte solar caminha para um crescimento promissor de investimentos acima de R$20 bilhões em 2021.


Segundo as principais associações do setor energético do país, os números refletem o atual cenário do já aquecido mercado de energia solar no Brasil, que tem tudo para esquentar ainda mais neste e nos próximos anos.

Fonte: Portal Energia, 2019.


VANTAGENS E DESVANTAGENS DA ENERGIA FOTOVOLTAICA


• A energia solar não polui, é renovável, limpa e sustentável

• Energia alternativa ao petróleo

• A energia solar é silenciosa

• É uma fonte de energia gratuita

• A energia solar fotovoltaica é o sistema de autogeração mais barato

• Necessidade mínima de manutenção

• Fácil de instalar e barata de manter

• Vida útil de mais de 25 anos, pagando-se em até 7 anos

• Queda de preços devido ao avanço da tecnologia

• Ocupa pouco espaço e valoriza o imóvel

• Placas solares são resistentes às intempéries


DESVANTAGENS


• Alto custo de aquisição

• Não gera energia à noite

• Falta de Incentivos no Brasil

• Sistema Anti-ilhamento


A energia solar é uma das das fontes de energia mais sustentáveis do mundo, sendo renovável e limpa, além não emitir poluentes. A energia fotovoltaica também contribui para a diminuição da poluição sonora. Funciona de forma silenciosa e discreta, evitando a produção de ruídos desagradáveis. Esse tipo de sistema de geração de energia também não requer um cuidado de manutenção exaustivo, apenas uma limpeza caso necessária.


As estruturas de captação podem durar até 25 anos, pagando em apenas sete. Ela chega a economizar até 95% do total da conta de luz, tornando esse um investimento muito inteligente, que contribui também para a valorização do imóvel. Sistemas de energia fotovoltaica também são sustentáveis em seu descarte, uma vez que podem ser reciclados com uma eficiência de até 97%.


Gostou? Caso tenha interesse, a RETEC jr está a disposição para lhe ajudar e tirar sua dúvidas. Aproveite e faça seu orçamento no nosso site, sem compromisso e totalmente gratuito. Clique aqui!



Posts Recentes