É POSSÍVEL TER ENERGIA SOLAR EM APARTAMENTOS E CONDOMÍNIOS?

O custo com a energia está incomodando o condomínio? Você gostaria de futuramente reduzir a taxa de condomínio paga pelos moradores? A energia solar pode ajudar com isso! Veja como praticamente acabar com os custos de energia do condomínio utilizando energia solar.

Como funciona a energia solar em apartamentos e condomínios?

Ao instalar o sistema, as placas solares vão gerar energia que será utilizada para as áreas comuns do condomínio e, se sobrar, poderá ser rateada entre os condôminos.

Além disso, vale ressaltar que se o condomínio quiser implementar a tecnologia de forma gradativa ou parcial, é perfeitamente possível manter a energia convencional para os apartamentos ou casas e utilizar energia solar fotovoltaica apenas nas áreas comuns dos condomínios.

Onde instalar?

Essa tecnologia se adapta bem em qualquer empreendimento, podendo ser instalada no telhado dos prédios ou, em alguns casos, em cima do estacionamento.

Porém, além do fato de que a produção de energia da placa depende da incidência de sol e do sombreamento, outro fator limitante que merece ser destacado é o espaço que precisará ser ocupado, pois uma placa solar mede, aproximadamente, 2 m². Em Fortaleza-CE, por exemplo, cada placa pode gerar, em média, energia suficiente para abater R$ 38 da conta de energia. Dessa forma, para um condomínio em Fortaleza que tivesse uma conta média de R$ 1500,00 e quisesse utilizar energia solar para abater o valor relativo ao consumo, seria recomendável a instalação de um sistema com cerca de 42 placas, ou seja, precisaria de algo em torno de 84 m² de telhado para a instalação.

Como iniciar a implantação da energia solar em condomínios?

A aprovação da contratação deste sistema de geração e compensação de energia solar se dá através de votação em assembleia, pela maioria simples dos condôminos presentes. É uma benfeitoria que pode ser considerada necessária, em função da economia gerada e da contribuição ao meio ambiente.

Resultados

No caso de apartamentos e condomínios, principalmente, o payback (tempo de retorno financeiro) costuma ser bastante atrativo.

Para se ter uma ideia: um condomínio que tenha uma despesa de R$ 1500 por mês com energia elétrica poderia ter um orçamento na RETEC Jr de cerca de 65 mil reais para abater o valor dessa conta. É um investimento aparentemente elevado, mas que seria recuperado em 4 anos, com uma economia de até 95% na conta de energia. Levando em conta que o sistema tem 25 anos de garantia de produção, o investimento se torna extremamente inteligente e lucrativo.

Quer conhecer mais sobre a potencialidade do seu condomínio para a energia solar? Fale conosco!

#energiasolar #apartamentos #condomínios #painéissolares #economizar #contadeenergia #energia #geraçãodeenergia

Posts Recentes